malu teodoro

                                                                                       Fotografia: Bruna Brunu

Malu Teodoro (1986)

 

Nascida e criada em Porto Velho/RO, Malu é artista multimeios e dedica-se principalmente à fotografia, ao vídeo e à escrita. Em 2008 graduou-se em Comunicação em Multimeios pela PUC/SP; em 2010/11 cursou o Seminário de Fotografía Contemporánea no Centro de la Imagen, Mexico DF; em 2016/17 fez a FIA, no c.e.m - centro em movimento, Lisboa/PT, e em 2021 inicia a Licenciatura em Artes Visuais na Universidade Federal de Uberlândia/MG. Participou de residências como o LABMIS no Museu da Imagem e do Som de São Paulo (2013), Dois de lá, dois de cá na Associação Fotoativa em Belém do Pará (2015) e Artist Residency in Motherhood (2020). Em 2018 foi mãe e desde então seu trabalho tem sido atravessado por questões sobre a maternidade e os feminismos. Em 2021 foi vencedora do 1o. Prêmio de Fotografia do Adelina Instituto. Em 2022 recebe bolsa de desenvolvimento artístico PINA, da Universidade Federal de Uberlândia e recebeu o prêmio-aquisição no 19o. Salão de Artes do Museu de Arte Contemporânea de Jataí/GO. Paralelamente experimenta a gravura, o bordado, a dança, a fotoperformance e produz livros e cadernos. 

FORMAÇÃO
2022. Clipe - Curso Livre de Preparação de Escritores - Prosa. Casa das Rosas/SP (cursando).

2021-. Licenciatura em Artes Visuais, Universidade Federal de Uberlândia, Minas Gerais (cursando).

2019. Ecopedagogia Familiar, Raízes, Palmela, Portugal.

2016. FIA-Investigação/Fiação nos estudos do Corpo, do Movimento e do Comum, c.e.m - centro em movimento, Lisboa, Portugal. 

2015. De olhos vendados, Miguel Chikaoka. Associação Fotoativa, Belém do Pará, Brasil.

2010. Seminário de Fotografia Contemporânea, Centro de la Imagem, Ciudad de México.

2008. Bacharelado em Comunicação e Multimeios, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Brasil.

RESIDÊNCIAS
2021. Lab Cultural BDMG, sob tutoria de Aline Motta, Ricardo Aleixo, Gil Amancio e Dione Carlos. Online.

2019. ARIM - Artist Residency in Motherhood. Lisboa, Polônia e Uberlândia, MG, Brasil. 

2017. FIA. Vila Velha de Ródão, Portugal.

2015. Dois de lá, dois de cá. Fotoativa. Belém, PA.

2015. Jogo de Três. Espaço Imaginário. Rio de Contas, BA.

2014. LABMIS. MIS - Museu da Imagem e do Som. São Paulo, Brasil.


OBRA EM ACERVOS PÚBLICOS
Museu de Arte Contemporânea de Jataí, Goiás.

Secretaria de Cultura e Turismo de Uberlândia, Minas Gerais.

PRÊMIOS, BOLSAS & MENÇÕES
2022. Moção de Aplauso, Câmara Municipal de Uberlândia/MG.

2022. Prêmio aquisição - 19o. Salão Nacional de Artes - Museu de Arte Contemporânea de Jataí/GO.

2022. Bolsa PINA - Programa de Iniciação Artística, sob orientação de Clarissa Borges. UFU/MG.

2021. 1º Prêmio de Fotografia Adelina - 1o. Lugar. São Paulo/SP.

2021. Menção Honrosa Janelas da Distopia: Exposição Virtual em plataforma virtual Hubs Mozilla. online/Minas Gerais.

2021. Honra ao Mérito no Programa Emergencial de Residências do Instituto de Arte Contemporânea de Ouro Preto/MG.

2020. Projeto contemplado no PMIC - Programa Municipal e Incentivo à Cultura. Uberlândia/MG.

2020. Projeto contemplado na Lei Aldir Blanc/Uberlândia.

2013. Prêmio Abril de Jornalismo: melhor video online. A Tropicália Segundo Tom Zé, Bravo Online.

2011. Menção honrosa no festival "FOCO: Foro de Creación Oaxaca", pelo "uso pessoal do meio e a experimentação de suas possibilidades poéticas".

2008. Bolsa de Iniciação Científica CNPq: VJing, a dança da manipulação em tempo real, sob orientação do Prof. Dr. Marcus Bastos.


EXPOSIÇÕES
2022. Salão Nacional de Artes. Museu de Arte Contemporânea de Jataí/GO - Prêmio Aquisição.

2022. Mostra Corpo Decolonial, Festival de Arte e Sexualidade, exposição digital.

2022. Muluca, exposição compartilhada. Museu é Mundo.  Porto Velho/RO.

2022. A Doce Matéria Mater. Exposição online. Palmas/TO.

2021. Você está morta. Rio Grande PhotoFlux.  

2021. Você está morta. 1º Prêmio de Fotografia Adelina Instituto. Exposição online.

2021. Fotoperformance popular. Diário Contemporâneo. Casa das Onze Janelas, Belém/Pará.

2021. Fotoperformance popular. 4o. FIF  - Festival Internacional de Fotografia de BH: Imagens resolutivas. Palácio das Artes, BH/MG.

2021. Você está morta. ELAS Festival 2021 - Mostra de Fotografia.

2021. Você está morta. Janela da Distopia, Exposição em plataforma virtual Hubs Mozilla - com prêmio de Menção Honrosa. online/MiG. 

2021. III Exposição Internacional de arte e gênero. Seminário Internacional Fazendo Gênero 12. UFSC/Florianópolis.

2021. Mulher no plural: Múltiplas perspectivas. Assembléia Legislativa de Minas Gerais.

2021. Você está morta, Imagens de si: Narrativas autobiográficas. Exposição online <https://www.redequem.com.br/exposições

2021. Você está morta, Mulheres Luz - Fotógrafas e Mulheres da Imagem. Exposição online <https://www.mulheresluz.com.br/

2021. Você está morta, Projeto Bordar o Invisível proposto por Malu Teodoro patrocinado pela lei Aldir Blanc, online/Uberlândia/MG.

2021. É pandemia amor, Imagem Sensível de Memórias Possíveis. Exposição urbana Lambe-lambe. Pelotas/RS.

2016. Alfabeto de Ficções. Fotoativa, Belém/PA.

2016. Um tanto de nós, um ano depois. Galeria de Arte Vitória Barros. Marabá/PA.

2016. Um tanto de nós. Museu da Universidade Federal do Pará (MUFPa). Belém, PA.

2014. Sobre Lugares e Gestos - LABMIS Fotografia. Museu da Imagem e do Som, São Paulo, SP. 

2013. Do elo. Instalação Videomapping. 9o Festival Internacional de Fotografia de Paraty, RJ.

2013. Patrimônio Paulista: a caminho do Oeste e patrimônio escolar. Museu da Casa Brasileira, São Paulo, SP.

2013. Uma Casa Portuguesa com Certeza. FUNARTE, Rio de Janeiro.

2013. Uma Casa Portuguesa com Certeza. Espaço Brasil, LX Factory, Lisboa, Portugal.

2011. Relaciones y Relatos. Fotoseptiembre, Biblioteca de Mexico, México DF.

2011. Relaciones y Relatos. UAM - Galeria Manuel Felguerez, Cidade do México, México.

2011. Relaciones y Relatos. Centro de las Artes de San Agustín, Oaxaca, México.

2011. 5o Festival Internacional de Fotografia de Porto Alegre - Família, Centro Cultural Santander, Porto Alegre, Brasil.

EXIBIÇÕES
2021. Cronocyanografia. Mostra Dança para todas as telas, Bienal SESC de dança. 

2021. Polvorosas, Mostra Fotofilmes, Circuito Livre de Arte Independente (CLAI) Campinas/SP. 

2021. Cronocyanografia, Mescla Videoarte, Moviola Mídia Livre. Uberlândia/MG.

2021. Cronocyanografia, Pequeno encontro da Fotografia. Recife/PE.

2021. Polvorosas, Mostra Fotofilmes Festival Hercule Florence, UNICAMP, Campinas/SP.

2020. Polvorosas, Mamu Mostra Audiovisual de Mulheres, Uberlândia/MG.

2020. Polvorosas, Mostra Competitiva Festival MIX da diversidade, São Paulo/SP.

2020. Polvorosas, Festival Confluencias de Artes, Argentina.

2020. Polvorosas, Arte como Respiro - Audiovisual - Itaú Cultural, São Paulo/SP.

2020. Obra, 1o. FIVRS - Festival Internacional de Videodança do Rio Grande do Sul. Universidade Federal de Pelotas/RS.

2019. Inaê {relato-vídeo de parto}, Festival Feminista de Lisboa: exibição do filme e debate. Livraria Ler por aí, Lisboa/PT. 

2016. Mostra Cartas Visuais. Arte no Centro, Cinema de Fachada. Belo Horizonte/MG.

2012. Rua. I Encontro Pensamento e Reflexão na Fotografia. Museu da Imagem e do Som. São Paulo, SP.

2012. Post-pixel - IV Festival de Arte e Cultura. Belo Horizonte, MG.

2012. Portapoema: Mundos Portáteis. Atelier A Pipa. São Paulo, SP.

2011. 3o. Festival Internacional de Cine de Cali. Cali, Colombia.

2011. Festival de vídeo Tela Digital, TV Brasil, Brasil.

2011. FOCO, Foro de Creación Oaxaca, México. Itinerâncias por Aguascalientes, Tijuana, Tehuantepec, Cidade do México, Puebla.

2011. 6a. Mostra de Cinema de Ouro Preto - CineOP. Ouro Preto, MG, Brasil.

2010. Art.Mov, Belo Horizonte, Brazil.

2010. Festival Internacional de Fotografia de Valparaíso, Chile.

2010. HTTPVideo - Em Trânsito: Mobilidade e Entropia.

2010. Continuum - 3o Festival de Arte e Tecnologia do Recife. Recife, PE, Brasil.

2008. Indie Festival. Belo Horizonte, MG, Brasil. 

 

PERFORMANCES
2017. Two, com Christin Taul, Espaço Experimental, cem - centro em movimento, Lisboa/Portugal.

2017. O abrir dos cadernos, cem - centro em movimento, Lisboa/Portugal.

2015. A Vida Intrusa, performance e intervenção Urbana, Rio de Contas, BA.

2016. Do Aquário ao Mar - Laboratório de criação do corpo. Oficina de Expressão Corporal, Galeria Olido, São Paulo/SP.

2008. Urbanidade Alheia, intervenção urbana como monografia na graduação em Comunicação e Multimeios PUC/SP.

 

AÇÕES
2021. Exaustas e sem recurso: estratégias de artistas mães na pandemia. Ocupação do Instagram @arteematernagem. DPG/UNB Brasília.

2021. Ocupação artística do Instagram do ia - Instituto de Arte Contemporânea de Ouro Preto/MG.

2021. Lambe Cria Cria Lambe, ação coordenada pela Coletiva Mãe Artista (@mae.artista), por várias cidades do país.

2021. Doação de fotografia para a campanha 150 Fotos para SP. <https://www.150fotosparasp.com.br/>.

2020. Doação de fotografia para a Galeria virtual em apoio ao enfrentamento à covid pelos povos indígenas de Rondônia. @fotospararondonia 

2020. Doação de fotografia para a campanha em solidariedade aos povos Awajún e Wampis. Colectivo Somos Amazonia/Peru.  

https://somosamazonia.pe/>

PUBLICAÇÕES
2022. Azul. Auto-publicação financiada via PMIC/Uberlândia. 250 unidades. 

2022. Catálogo Corpo: Território Decolonial. Festival de Arte e Sexualidade. Belo Horizonte/MG.

2021. Minizine Você está morta. Sô Editora/SP.

2021. Mundos Imaginados: livro das esperanças. Raio Verde. Belém/PA.

2021. Casa-mundo, (im)pressões artísticas em tempos de urgência. Revista Rascunho/UFU.

2021. Revista Mães que escrevem, 7a. edição - Mães Narcisistas: https://maesqueescrevem.com.br/baixe-a-edicao/

2021. E-book "O mundo pelo olhar das Mulheres". Prefeitura de Uberlândia/MG.

2021. Parentalidade & Fotografia, Fotografia "confinamento" incorporada à publicação de Olívia Morim em

  <http://www.parentalidadeefotografia.art.br>. Recife/PE. 

2021. Catálogo Imagem Sensível de Memórias Possíveis. Pelotas/RS.

2020. Visíveis: Anuário LBT Filipa Edições. 

2019. Sargaço, Tassyla Queiroga. Edições Macondo. Juiz de Fora/MG

2016. Alfabeto de Ficções, Fotoativa, Belém/PA

2015. Viver ou Narrar, Fotoativa, Belém/PA.

2013. A caminho do Oeste, Editora Terceiro Nome, São Paulo.

2013. Patrimônio Escolar, Editora Terceiro Nome, São Paulo.

2010. Errr-Magazine, Contemporary Art print magazine. México DF.

2007. Live-Video: Influências e novas perspectivas do audiovisual em tempo-real. Intercom - Sociedade Brasileira de Estudos 

Interdisciplinares da Comunicação. 2007.